Bibliotecas de Manaus sofrem com o descaso e com a burocracia

manaus-abriuabiblioteca035

Biblioteca Pública Estadual do Amazonas

Por Silane Souza

Mesmo com inovações tecnológicas como a internet, muitos estudantes ainda preferem buscar informações na boa e velha biblioteca. Mas, para quem estuda no Centro de Manaus, essa tem sido uma tarefa difícil. Isso porque, enquanto a Biblioteca Pública  municipal João Bosco Pantoja Evangelista funciona em local improvisado porque a sede, localizada na Praça do Congresso, está abandonada, a Biblioteca Pública estadual, reformada em 2013, impõe uma série de medidas burocráticas que acabam afastando os estudantes.

Na biblioteca estadual, horário restrito de funcionamento e a exigência de comprovante de residência atualizado para uma simples consulta ao acervo dificultam a vida dos usuários. A reclamação é a mesma em todas as instituições de ensino que a reportagem visitou no centro histórico. Quem estuda naquela área reclama da dificuldade em fazer pesquisas além da internet e das bibliotecas das escolas e faculdades, que muitas vezes sequer contam com esse espaço.

 

Leia mais sobre o assunto em A Crítica

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s